Vulcão Taal, nas Filipinas, bate recorde de emissão de dióxido de enxofre

Na semana passada, agência do país aumentou o nível de alerta do vulcão após uma explosão

Filipinas aumentou o nível de risco do vulcão Taal após explosão
Filipinas aumentou o nível de risco do vulcão Taal após explosão Foto: CNN

Da CN

Ouvir notícia

O nível mais alto de emissão de dióxido de enxofre já registrado pelo vulcão Taal, nas Filipinas, foi registrado neste domingo (4), de acordo com o Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (Phivolcs).

Em relatório divulgado à tarde, o Phivolcs informou que o Taal lançou uma média de 22.628 toneladas de dióxido de enxofre por dia, em um novo recorde histórico. No sábado, o registro era de uma média de 14.699 toneladas.

A agência acrescentou que um total de 26 terremotos vulcânicos de baixa frequência foram registrados abaixo da parte leste da Ilha do Vulcão.

“Esses parâmetros podem indicar que uma erupção semelhante ao evento de 1 de julho de 2021 pode ocorrer em breve”, informou o relatório. Na semana passada, o Phivolcs aumentou o nível de alerta do Taal para 3 após uma erupção freatomagmática, uma explosão de água e vapor resultante da interação do magma com vapor.

Mais Recentes da CNN