Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Xi Jinping chega à Rússia para primeira visita desde o início da guerra na Ucrânia

    Líderes devem discutir "cooperação estratégica" entre os dois países, segundo o Kremlin

    Simone McCarthyda CNN

    O presidente chinês, Xi Jinping, desembarcou em Moscou para reuniões com Vladimir Putin, informou a mídia estatal russa TASS, nesta segunda-feira (20).

    É a primeira vez que o líder da China visita seu vizinho e parceiro estratégico próximo desde o início da guerra na Ucrânia.

    Durante a visita, Xi e Putin discutirão a “cooperação estratégica” entre os dois países, segundo o Kremlin.

    “Durante as negociações, serão discutidas questões atuais de maior desenvolvimento de relações de parceria abrangentes e cooperação estratégica entre a Rússia e a China”, disse em comunicado.

    “Também está prevista uma troca de opiniões no contexto do aprofundamento da cooperação russo-chinesa na arena internacional”, acrescentou o Kremlin. “Vários documentos bilaterais importantes serão assinados”.

    A visita ocorre no momento em que a China tenta se apresentar como um mediador de paz neutro na Ucrânia, mas o esforço foi recebido com ceticismo nas capitais ocidentais devido à crescente parceria de Pequim com Moscou.

    A China se recusou a condenar o ataque da Rússia à Ucrânia – ou se referiu a ele como uma “invasão”, em vez disso, culpou o avanço da Otan por provocar o conflito.

    Também forneceu apoio diplomático a Moscou, enquanto expandia os laços comerciais e militares com seu vizinho do norte.

    Autoridades ocidentais também levantaram preocupações de que a China possa estar considerando fornecer assistência militar letal à Rússia, uma acusação negada por Pequim.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original