Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Zelensky diz que a Ucrânia merece se tornar um membro pleno da União Europeia

    Presidente ucraniano falou ao parlamento da Suécia no mesmo dia em que cúpulas de aliados ocidentais, incluindo da UE, discutem a guerra

    O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky
    O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky Cortesia da Presidência da Ucrânia/Anadolu Agency via Getty Images

    Reuters

    Ouvir notícia

    A Ucrânia está lutando pela segurança de toda a Europa e deve ser um membro pleno da União Europeia, disse o presidente Volodymyr Zelensky a parlamentares suecos, nesta quinta-feira (24), por meio de uma chamada de vídeo.

    “Não estamos lutando apenas pelo povo da Ucrânia, mas pela segurança da Europa, e mostramos que merecemos ser um membro de pleno direito da Uniao Europeia“, disse Zelensky no discurso ao parlamento da Suécia.

    Em um vídeo divulgado no dia em que a guerra na Ucrânia completa um mês, Zelensky pediu que as nações ocidentais, que se reúnem nesta quinta-feira (24) em Bruxelas, na Bélgica, tomem “medidas sérias” para ajudar Kiev a combater a invasão russa.

    De forma sem precedentes, são esperadas hoje cúpulas da Otan, do G7 e da União Europeia.

    “No fim dessas três cúpulas, veremos quem é nosso amigo, quem é nosso parceiro e quem nos vendeu e nos traiu”, diz Zelensky no vídeo publicado nas redes sociais.

    O presidente ucraniano voltou a pedir por uma zona de exclusão aérea e disse que o Ocidente não forneceu aviões, sistemas anti-mísseis modernos, tanques ou sistemas que identifiquem navios de guerra à Ucrânia.

    Veja 10 imagens que marcam um mês de guerra na Ucrânia

    Mais Recentes da CNN