Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Miss Universo contesta participação da Arábia Saudita no concurso de 2024

    A rainha da beleza Rumy al-Qahtani escreveu que estava "honrada" por competir no concurso Miss Universo; organização nega participação

    Miss Universo 2023 foi disputado em El Salvador.
    Miss Universo 2023 foi disputado em El Salvador. Instagram/Miss Universe

    Alex Reesda CNN

    A organização do Miss Universo está contestando uma série de relatos que chama de “falsos e enganosos” sobre a participação da Arábia Saudita em seu concurso de 2024 – notícias que, se fossem verdadeiras, teriam marcado a estreia do país do Oriente Médio.

    “Nenhum processo de seleção foi conduzido na Arábia Saudita, e tais alegações são falsas e enganosas”, afirmou o concurso em um comunicado fornecido à CNN e divulgado em seu site oficial.

    “Embora a Arábia Saudita ainda não esteja entre os países totalmente confirmados como participantes este ano, atualmente estamos passando por um rigoroso processo de seleção para qualificar um potencial candidato para receber a franquia e ser designado diretor nacional”, continuou o comunicado. “A Arábia Saudita não terá a oportunidade de se juntar ao nosso prestigiado concurso até que isso seja finalizado e confirmado por nosso comitê de aprovação.”

    Em publicações nas redes sociais compartilhadas no Instagram, Facebook e TikTok, entre outras plataformas, em 24 de março, a modelo saudita e veterana rainha da beleza Rumy al-Qahtani escreveu que estava “honrada” por competir no concurso Miss Universo, e observou que sua aparente seleção marcava uma primeira vez para seu país de origem. A postagem apresentava imagens dela usando um vestido de noite com lantejoulas, uma tiara glamorosa e uma faixa bordada com “Miss Universo Arábia Saudita”.

    O anúncio de Al-Qahtani foi amplamente compartilhado nas redes sociais e em relatos de notícias; ele permanece em seus perfis de mídia social apesar do concurso Miss Universo agora questionar sua veracidade. (Em vídeos compartilhados em sua página TikTok desde o comunicado do concurso, Al-Qahtani não aborda o problema.)

    “Não sabemos o motivo pelo qual a senhora Rumy al-Qahtani anunciou sua candidatura, mas se ela deseja participar do concurso da Arábia Saudita, ela terá que passar pelo mesmo processo de seleção que qualquer outro candidato”, disse um porta-voz do Miss Universo à CNN.

    Al-Qahtani não pôde ser contatada para comentar.

    O comunicado do concurso observou que mais de 100 outros países serão representados no concurso Miss Universo de 2024, que será realizado no México em setembro. Este ano marcará o primeiro Miss Universo sem limite de idade superior definido para suas concorrentes – nos anos anteriores, as competidoras deveriam ter entre 18 e 28 anos.

    Este ano também marca a estreia de um novo “concurso de patrimônio cultural” dentro do sistema Miss Universo, com a ratificação do diretor nacional e da diretoria do Miss Universo Persia nas últimas semanas.

    O concurso Miss Universo Persia será aberto a mulheres “de ascendência persa” e em toda a diáspora persa; sua vencedora “se juntará a todas as outras delegadas de todo o mundo no concurso Miss Universo a ser realizado no México ainda este ano”, confirmou o porta-voz do Miss Universo.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original