Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Pequinês linguarudo vence concurso de “cão mais feio do mundo”

    Língua de Wild Thang fica para fora por conta de um vírus que impediu o desenvolvimento de seus dentes

    Issy Ronaldda CNN

    Wild Thang, um pequinês de 8 anos, foi coroado vencedor do concurso de Cão Mais Feio do Mundo e ganhou o prêmio de US$ 5.000 (cerca de R$ 27.000) na sexta-feira (21), após cinco tentativas anteriores. Além dele, a competição anual revelou outros verdadeiros diamantes rústicos na Feira Sonoma-Marin em Petaluma, no estado norte-americano da Califórnia.

    “Ele era o favorito dos fãs. Ele é tipo a dama de honra que nunca é a noiva,” disse a juíza Fiona Ma à Associated Press. “Ele realmente tocou nossos corações e mereceu ganhar.”

    Quando filhote, Wild Thang contraiu um vírus que quase o matou e deixou danos permanentes. Seus dentes nunca se desenvolveram, então sua língua fica para fora, e sua pata dianteira direita se move o tempo todo.

    “Ele nunca teve um corte no pelo, então é assim que ele é e [seu dono] raspa sua barriga e ele gosta de dormir em pacotes de gelo,” acrescentou Ma. “Ele é apenas um cachorro doce. Eu estava segurando-o e ele adora ficar no colo e ser acariciado. Isso faz parte, esses cães resgatados, eles só precisam de lares para sempre, então, por favor, adote, não compre.”

    Os organizadores do concurso enfatizaram que não se trata de zombar dos cães, “mas de se divertir com alguns personagens maravilhosos e mostrar ao mundo que esses cães são realmente lindos”.

    Um pug de 14 anos, de um olho só, chamado Rome conquistou o segundo lugar, fazendo sua primeira aparição na competição. Ele se aposentou no Santuário de Idosos do Pug Hotel na Califórnia, onde, “apesar de suas pernas arqueadas, ele adora dançar com os pés para expressar sua alegria pela vida,” dizia sua biografia.

    Como muitos dos cães nesta competição, ele faz grandes contribuições para a comunidade visitando pacientes em hospícios e participando da equipe Wheeling Pug Relay de 2023, que arrecada dinheiro para comprar cadeiras de rodas para cães.

    Wild Thang, enquanto isso, ajudou a arrecadar dinheiro para evacuar sete de seus companheiros pequineses da Ucrânia, e outro competidor, Ozzie, um terrier de 10 anos, visita centros de idosos e cuida de gatinhos adotivos.

    A maioria dos cães no concurso foi resgatada, incluindo a terceira colocada Daisy Mae, que ao longo dos anos perdeu grande parte do cabelo, dentes e visão, mas “ganhou em amigos, confiança e muita energia,” dizia sua biografia.

    “Pais de pet” tendem a gastar mais de R$ 200 por mês com bichos

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original