Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Suéter de ovelha negra da princesa Diana é vendido por US$ 1,1 milhão em leilão

    A roupa da princesa tornou-se a peça de roupa de Diana mais cara já vendida em leilão

    Suéter usado pela princesa Diana em exibição em Londres
    Suéter usado pela princesa Diana em exibição em Londres 17/7/2023 REUTERS/Rachel Adams

    Leah Dolanda CNN

    A Princesa Diana usou muitos trajes deslumbrantes ao longo dos anos, deixando um impacto indelével na história da moda, aos códigos de vestimenta reais, semiótica e muito mais. Desde seu inesquecível vestido de casamento até o vestido de festa de veludo preto, carinhosamente apelidado de seu “vestido da vingança” pela mídia, que ela usou em 1994, e até mesmo a pioneira paixão pelo estilo “athleisure” que ela demonstrou durante os anos 90, o audacioso senso de estilo de Diana se tornou parte de seu legado.

    Mas na última quinta-feira (14), em Nova York, o recorde de maior preço pago em leilão por uma peça usada pela princesa Diana não foi quebrado por um elegante vestido de noite ou um acessório raro de designer. Em vez disso, foi uma peça casual de tricô campestre.

    A peça: uma blusa “ovelha negra” usada pela falecida Diana quando ela compareceu a um jogo de pólo em 1981, enquanto estava noiva do agora Rei Charles III. Foi o lote principal no último leilão Fashion Icons da Sotheby’s em Nova York, onde arrecadou US$ 1.143.000 (mais de R$ 5,5 milhões) em apenas 15 minutos de lances.

    Anteriormente, o recorde de venda de uma peça do guarda-roupa de Diana era detido por um vestido de baile Victor Edelstein projetado para ela em 1989. O vestido de veludo de seda marsala, sem alças, foi modelado com uma saia em forma de tulipa e foi amplamente considerado como um exemplo fundamental da maturação da moda de Diana. Ele arrecadou US$ 604.800 em um leilão no início deste ano.

    Mas o tricô excêntrico vendido hoje não apenas superou essa quantia recorde, mas também se tornou o suéter mais valioso já vendido em leilão. (Este recorde era anteriormente detido por um cardigã usado por Kurt Cobain durante uma performance do Nirvana no MTV Unplugged, de acordo com a Sotheby’s.)

    Detalhe da ovelha
    Detalhe da ovelha negra no suéter da princesa Diana / Sothebys/Divulgação

    Criado em 1979 pelas designers de tricô Sally Muir e Joanna Osborne sob sua etiqueta Warm & Wonderful, a peça apresenta um padrão de ovelhas brancas dispostas em fileiras. Uma ovelha negra se destaca na frente da blusa.

    No entanto, apenas algumas semanas depois de Diana tê-la usado, ela relatou um pequeno fio puxado em um dos punhos, e a peça foi devolvida à etiqueta pelo Palácio de Buckingham. Muir e Osborne não hesitaram em tricotar um novo suéter para ela e, posteriormente, receberam uma carta de agradecimento do palácio. Diana mais tarde “reutilizou” essa peça de reposição no jogo de pólo de 1983, conforme retratado acima.

    A blusa foi originalmente estimada para atingir entre US$ 50.000 e US$ 80.000, mas, após um total de 44 lances, o preço atingiu 14 vezes mais do que o esperado, de acordo com a Sotheby’s.

    “Estamos emocionados que este suéter querido tenha encontrado uma nova casa, levando consigo o duradouro legado da princesa Diana”, disseram Muir e Osborne em um comunicado.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original