1,5 milhão de casos da COVID-19 no mundo e mais da tarde de 9 de abril

5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 9 de abril, apresentado por Luciana Barreto, repercute as últimas do coronavírus no Brasil e no mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A possibilidade de pobreza mundial, o avanço dos casos de coronavírus pelo mundo e as milhares de mortes em 24h nos Estados Unidos são os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 9 de abril, apresentado por Luciana Barreto.

Casos em 1,5 milhão 

O mundo atinge a marca de 1,5 milhão de infectados e quase 89 mil mortos por coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Mais de 300 mil pessoas já se recuperaram da doença. Há exatamente 100 dias a Organização Mundial da Saúde (OMS) foi notificada sobre os primeiros casos de coronavírus, sem ainda saber a dimensão da doença.

Mortes nos EUA

Os Estados Unidos registram quase duas mil mortes em 24 horas. O número de mortos no país se aproxima de 15 mil. Ao todo, 430 mil americanos testaram positivo para COVID-19.

Pobreza mundial

As projeções para a economia pioram. Segundo um estudo da organização Oxfam, 500 milhões de pessoas em todo o mundo podem cair na pobreza se os planos de ajuda não forem adotados para os países mais pobres diante da pandemia de coronavírus.

Seguro-desemprego

Pelo menos 6,6 milhões de americanos entraram com pedido de seguro-desemprego entre 29 de março e 4 de abril. O número é o segundo maior registrado, menor apenas que o informado na semana anterior. No total, mais de 16 milhões de pessoas já deram entrada no benefício nas últimas três semanas.

Isenção na conta

O governo federal publicou uma medida provisória para isentar os consumidores de baixa renda do pagamento de conta de luz, por causa da crise provocada pelo coronavírus. 

E na internet…

Depois do sucesso das lives de Jorge Matheus e Marília Mendonça, que chegou a bater recorde, o internauta só quer saber quando serão as próximas. Artistas como Péricles e Gustavo Lima devem ser os próximos a se apresentar de casa. Contamos aqui!

 

Mais Recentes da CNN