Desaparecidos na Baixada Santista caem pela metade após cruzamento de dados


Da CNN Brasil, em São Paulo
11 de março de 2020 às 23:09
Buscas por desaparecidos no Guarujá

Bombeiros buscam desaparecidos em deslizamentos de terra no Guarujá

Foto: Amanda Perobelli - 03.mar.2020/ Reuters
 

A lista de desaparecidos após as fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista, litoral de São Paulo, caiu pela metade nesta quarta-feira (11). Das 34 pessoas buscadas, 17 foram encontradas depois de um cruzamento de dados feito entre a Prefeitura de Guarujá (SP) e o SUS (Sistema Único de Saúde).
 
As buscas seguem apenas na Barreira João Guarda, região do Guarujá que, segundo a Defesa Civil, era o local onde residiam as pessoas ainda não localizadas. De acordo com a entidade, a cidade concentrou o maior número de mortos na região — 33 pessoas.
 
Ao todo, 44 pessoas morreram após as chuvas e deslizamentos que atingiram a região no início do mês. De acordo com a Defesa Civil paulista, foram repassadas 34,2 toneladas de materiais de ajuda humanitária aos municípios afetados, com foco em insumos básicos como comida, produtos de higiene e limpeza, roupas e água potável.