Vale terá ajuda da Petrobrás para conter eventual vazamento de navio encalhado


14 de março de 2020 às 15:46
Navio da Vale com minério de ferro encalha no litoral do Maranhão (26.fev.2020)

Navio da Vale com minério de ferro encalha no litoral do Maranhão (26.fev.2020)

Crédito: Divulgação/Marinha

Após reuniões com a Marinha e com o Ibama, a Vale informou nesta quinta-feira (27) que vai contar com a ajuda da Petrobrás para conter eventual vazamento de óleo do navio MV Stellar Banner, contratado pela mineradora, que está encalhado na costa do Maranhão, a 100km de São Luís.

 

A estatal liberou o uso de navios do tipo Oil Spill Recovery Vessel (OSRV, na sigla em inglês) para a ação. A medida é preventiva, uma vez que a capitania dos portos afirmou que não há vazamento do combustível do navio.

 

A mineradora anunciou também que irá contratar especialistas em resgate para acelerar a retirada de óleo da embarcação, além de disponibilizar helicópteros para levar os técnicos ao local. A Vale também se prontificou a solicitar boias oceânicas para diminuir o efeito de afundamento da embarcação, o que aumentaria o tempo hábil de resgate.

 

Em nota, a operadora do navio, a sul-coreana Polaris Shipping, afirmou que todos os porões de carga da embarcação “estão intactos e sob controle”. Segundo a agência Reuters, dados do terminal Eikon, da Refinitiv, mostram que o navio tinha como destino o porto de Qingdao, na China, para onde deveria levar uma carga de 275 mil toneladas de minério de ferro.