Cristo Redentor é iluminado com bandeiras de países afetados pelo coronavírus

Segundo a Igreja Católica, a iluminação especial representa uma iniciativa para enviar apoio e esperança ao mundo

Da CNN Brasil, em São Paulo
19 de março de 2020 às 00:41
O Santuário Cristo Redentor, na zona sul do Rio de Janeiro, projetou as bandeiras de países com casos do novo coronavírus no monumento ao Cristo Redentor, em uma noite de intercessão pelos milhares de enfermos em todo o mundo (19.mar.2020)
Foto: FCesar/ O Fotógrafo/ Estadão Conteúdo

A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi iluminada, na noite desta quarta-feira (19), com os mapas dos continentes e as bandeiras de países que tiveram confirmados casos do novo coronavírus (COVID-19).

Mais de 150 nações já foram afetadas pela pandemia, que até o momento teve mais de 210 mil pessoas diagnosticadas em todo o mundo e mais de 8 mil mortes.

Segundo a Igreja Católica, a iluminação especial representa uma iniciativa para enviar apoio e esperança ao mundo. Para marcar a ocasião, o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Dom Orani Tempesta, e o reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, rezaram o Pai Nosso

Como medida de precaução para evitar aglomerações de pessoas, o público não teve acesso ao monumento.