Governo zera IPI sobre artigos hospitalares por seis meses

Medida já está em vigor e se soma a outras iniciativas para prevenir e combater o coronavírus

Rudá Moreira Da CNN, em Brasília
01 de abril de 2020 às 15:00 | Atualizado 01 de abril de 2020 às 15:00

O governo federal reduziu a zero a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para artigos hospitalares específicos pelo período de seis meses.

A medida, criada por um decreto do presidente Jair Bolsonaro — publicado no final da manhã desta quarta-feira (1º), em Edição Extra do Diário Oficial da União —, valerá de hoje até o início de outubro deste ano.

Entre os produtos com imposto zerado, estão: artigos de laboratório ou de farmácia; luvas, mitenes e semelhantes, exceto para cirurgia; e termômetros clínicos.

A iniciativa faz parte das ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Antes, o governo já havia zerado o tributo para produtos usados na prevenção e tratamento da doença, como álcool 70% e equipamentos de proteção de profissionais de saúde.