Prefeito de Recife diz que monitora aglomerações por meio de celulares

Capital pernambucana tem 672 casos confirmados da doença

Da CNN, em São Paulo
14 de abril de 2020 às 09:36 | Atualizado 14 de abril de 2020 às 10:17

Em entrevista à CNN, o prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB), listou uma série de medidas que o município tem adotado para combater o novo coronavírus. Ele garante que há um 'empenho muito forte' na questão do isolamento social e que medida já salvou centenas de vidas na capital pernambucana. O político também avaliou que o monitoramento de aglomerações, por meio de celulares, está auxiliando no controle da medida de proteção.

"Começamos a fazer o isolamento com a suspensão das aulas e garantia imediata da merenda ( que transformamos em cestas básicas para as famílias) e o fechamento do comércio da cidade. Isso, certamente, salvou centenas de vidas e, por isso, o isolamento tem sido um trabalho muito importante", avaliou.

"Na parte da saúde, o foco tem que ser salvar vidas. Iniciamos, imediatamente, sete hospitais de campanha, totalizando mais de mil vagas de internação. Distribuímos cestas básicas para famílias, criamos abrigos para pessoas em situação de rua e estamos dando todo o auxílio necessário".

Questionado sobre o 'relaxamento social', que tem levado pessoas às ruas ainda durante a pandemia, o prefeito reforçou a eficiência e a importância do isolamento e anunciou o auxílio de ferramentas de rastreamento de celulares, que monitoram pontos de aglomeração de pessoas pela cidade. 

"Muito importante aumentar o isolamento social. É normal que no Recife tenha mais casos, por ter mais voos internacionais. A gente precisa ter o isolamento, por isso começamos a medir, através do monitoramento de 700 celulares, como estava a mobilidade social. Após essa medida, conseguimos fazer com que 60% da população ficasse em casa."

Mas lamentou o relaxamento da população. "Infelizmente, com o passar das semanas, esse número diminuiu. Temos colocado carros de som, enviamos mais de 500 mil mensagens para pessoas que estão em bairros com maior índice de aglomeração e temos lutado para ampliar este isolamento".

O prefeito também avaliou a ajuda da União no enfrentamento da doença e o impacto do vírus na economia do município e todos os outros estados. "Acredito que é muito importante que o governo federal tenha essa sensibilidade. Aqui no Recife devemos ter uma queda de receita de mais de R$200 milhões de ISS e essa ajuda vai auxiliar muito o município". 

Medidas na saúde

No âmbito da saúde, Geraldo reforçou que está atento e focado na construção de novos leitos para atender exclusivamente os pacientes com o diagnóstico do novo coronavírus.

"O mundo inteiro está vendo o que está acontecendo em outros países. A gente começou um programa com hospitais  de campanha e geração de leitos e estamos fazendo mais 300 pontos de internação de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Por isso é tão importante novos leitos, pois o sistema público de saúde do Brasil já vinha de um estágio de saturação antes do vírus"

Foram cortados mais de R$180 milhões da prefeitura para buscar viabilizar os novos leitos. "Hoje temos 25 pacientes entubados e demos 16 altas. Esse tempo de isolamento tem sido o foco da gente e isso é muito importante para salvar vidas", concluiu Geraldo Júlio.