Inep altera data de aplicação de prova digital do Enem e amplia isenção de taxa


da CNN, em São Paulo
22 de abril de 2020 às 18:23 | Atualizado 22 de abril de 2020 às 18:28
Provas do Enem 2020 serão aplicadas nos dias 1º e 18 de novembro

Provas do Enem 2020 serão aplicadas entre os dias 1º e 29 de novembro

Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) oficializou nesta quarta-feira (22) mudanças no edital do Enem deste ano, que incluem alteração na data das provas digitais e a ampliação da gratuidade da taxa de inscrição.

As alterações já haviam sido anunciadas na semana passada e foram formalizadas em publicação no Diário Oficial da União.

Assim, o Enem Digital será aplicado nos dias 22 e 29 de novembro —antes, a realização estava prevista para os dias 11 e 18 de outubro. As datas do Enem convencional não sofreram alteração, e continuam mantidas nos dias 1º e 8 de novembro.

As inscrições para o teste vão de 11 a 22 de maio.

O Inep também vai garantir a isenção da taxa de inscrição para todos os alunos que se enquadrarem nos pré-requisitos, mesmo que não tenham feito o requerimento. 

Na última sexta-feira (17), a Justiça Federal de São Paulo decidiu que o Inep deveria adequar o calendário do Enem "à realidade do ano letivo", com a prorrogação do período para pedir a isenção.

Estão liberados da taxa os estudantes que:

• Estão matriculados no último ano do ensino médio em 2020 em escola da rede pública;

• Cursaram todo o ensino médio em escolas públicas ou com bolsa integral na rede privada e tenham renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;

• Tem renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar de até três salários mínimos, com inscrição no Cadastro Único.

Para os demais, fica mantida a taxa de R$ 85, que deve ser paga até o dia 28 de maio.