São Paulo passa a bloquear ruas para estimular isolamento e medida gera trânsito


Da CNN, em São Paulo
04 de maio de 2020 às 08:14

Em mais uma medida para tentar conter o avanço do coronavírus, ruas e avenidas começaram a ter bloqueios parciais na cidade de São Paulo a partir desta segunda-feira (4). A medida já provocava trânsito no trecho do Corredor Norte-Sul nesta manhã, como registrou a CNN

O bloqueio ocorre apenas no horário de pico da manhã, entre 7h e 9h, em quatro vias que terão apenas uma faixa liberada. Ou seja, os motoristas conseguem passar, mas devem encontrar congestionamento nos trechos. São eles entre Av. Moreira Guimarães x Av. Miruna (zona sul), Av. Santos Dumont x Av. do Estado (zona norte), Av. Radial Leste x Rua Pinhalzinho (zona leste) e Av. Francisco Morato x Rua Sapetuba (zona oeste).

Leia também:

Brasil tem mais de 100 mil casos confirmados de COVID-19, com sete mil mortes

SP: morte de jovens e adultos por coronavírus aumenta 18 vezes em um mês

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a ideia é que o trânsito desestimule as pessoas a saírem de casa e isso aumente a taxa de isolamento social da cidade. No feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio, o distanciamento social subiu para 56%, após ter registrado a pior marca (46%) no dia anterior. O ideal é entre 60% a 70%. 

Além dos bloqueios, a prefeitura posicionou blitz educacionais para conversar com a população e distribuir folhetos com informações sobre o novo coronavírus. 

São Paulo é o estado que concentra a maior quantidade de registros da COVID-19, segundo os números mais atualizados do Ministério da Saúde, em balanço divulgado no domingo (3). São 31.772 casos, com 2.627 mortes. 

Motoristas enfrentam trânsito na zona sul após novas medidas de isolamento em SP
Motoristas enfrentam trânsito na zona sul após novas medidas de isolamento em SP
Foto: CNN (04.mai.2020)