Operação conjunta do RJ e SC combate fraudes na compra de 200 respiradores


Paloma Souza, da CNN no Rio
09 de maio de 2020 às 14:16 | Atualizado 09 de maio de 2020 às 16:43
Equipamento apreendido em operação da polícia

Equipamento apreendido em operação da polícia

Foto: Divulgação

Agentes da Polícia Civil do Rio de Janeiro realizaram uma operação para combater fraudes na compra de 200 respiradores que custaram cerca de R$ 30 milhões para o Santa Catarina, neste sábado (9).

Os agentes apreenderam máscaras, equipamento de proteção utilizado pelas equipes de saúde, laptops, peças para respiradores e máscaras de oxigênio em um galpão em Vargem Pequena, no Rio de Janeiro.

A investigação indica crime contra a administração pública na compra dos ventiladores pulmonares. O valor de mais de R$ 30 milhões foi pago de forma antecipada sem a exigência de qualquer garantia.

A operação foi comandada pela Polícia Civil do RJ porque a empresa contratada é da capital carioca.