Avião que levava médico com Covid-19 cai e mata 4 pessoas no Ceará

Táxi-aéreo partiu de Sobral e tinha como destino Teresina, no Piauí, para onde levaria um médico infectado com o novo coronavírus

Giovanna Bronze e Alana Araújo da CNN em São Paulo e Fortaleza
15 de maio de 2020 às 22:25 | Atualizado 16 de maio de 2020 às 10:55

Um avião de pequeno porte caiu no município de São Benedito, no Ceará, a cerca de 320 quilômetros de Fortaleza, na noite de sexta-feira (15), matando todos os quatro ocupantes da aeronave.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o táxi-aéreo decolou de Sobral e tinha como destino Teresina, no Piauí. O voo transportava um médico que estava internado em um hospital particular da cidade cearense – se tratando da Covid-19 – para a capital piauiense, onde vive sua família.

Acompanhavam o médico, identificado como Pedro José Ferreira de Menezes, uma enfermeira e outro médico, além do piloto do avião, de matrícula PT- RMN. Testemunhas disseram que pouco depois de decolar de Sobral, a aeronave voava em baixa altitude antes de cair.

Os bombeiros chegaram ao local ainda na noite de sexta-feira, mas o resgate dos corpos só ocorreu neste sábado (16) devido à necessidade do uso de equipamentos de proteção individual em razão da possibilidade de contaminação por Covid-19.

Leia também:

Após ofensiva do Ministério Público, Ceará recebe 20 respiradores

Após pandemia, demanda por voos domésticos cai 32,9% em março

Em nota, a Top Line Táxi Aéreo – responsável pelo voo – informou que encaminhou uma equipe até o local e acionou os órgãos competentes para que as primeiras providências pudessem ser tomadas assim que teve informações sobre o incidente com sua aeronave.

“O compromisso, neste momento de profunda tristeza, é de prestar informações e assistência às famílias das vítimas e garantir que sejam asseguradas todas as medidas e protocolos investigativos em relação às causas do acidente, bem como transparência nas informações”, afirmou a empresa.

Imagem feita com drone mostra os destroõs de avião que caiu no interior do Ceará e matou 4 pessoas
Foto: Divulgação-Emanoel Coelho

Investigadores do órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) foram acionados para realizar a ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-RMN em São Benedito.

“A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos”, declarou, em nota, a Aeronáutica.