Dow muda esforços para ajudar na pandemia com investimento de R$ 2,5 milhões

Javier Constante, presidente da Dow na América Latina, disse em entrevista para a CNN que uma das fábricas do grupo se adaptou para produzir álcool em gel

Da CNN, em São Paulo
19 de maio de 2020 às 23:34

Com investimento total de R$ 2,5 milhões, a empresa Dow adotou várias iniciativas para auxiliar a população no combate à proliferação da Covid-19 no Brasil, como explica Javier Constante, presidente da Dow na América Latina em entrevista para a CNN

A empresa irá realocar parte da verba de seus projetos sociais para seis entidades voltadas às comunidades em que a Dow atua. Serão adquiridos testes rápidos, máscaras descartáveis, respiradores, camas hospitalares e respiradores para o Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil.

Outra parte será revertida em cestas básicas, itens de higiene e equipamentos de proteção individual a serem entregues para diversas entidades nos estados de Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Pará. “Todo mundo quer ajudar e não sabe como, então estamos ajudando a canalizar esta ajuda escolhendo os projetos”, explica Javier.

Porém, a grande novidade da empresa no período foi a fabricação de álcool em gel, produto que nunca havia sido produzido pela marca. “Nós nunca produzimos álcool gel antes, mas a criatividade de nossos colaboradores fez com que conseguíssemos iniciar produção em nossa planta de Hortolândia.”

A mudança no formato da fábrica possibilitou a produção de 25 toneladas de álcool em gel, que beneficiou mais de 200 unidades públicas de saúde. Outra parte está em produção e a entrega está prevista para fim de maio.