PF cumpre 30 mandados contra desvio de R$ 7 milhões na saúde de Cabo Frio, no RJ

Agentes cumprem 30 mandados de busca e apreensão contra 14 pessoas físicas, 11 empresas e 3 órgãos públicos; prejuízo ao município pode chegar a R$ 7 milhões

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
15 de junho de 2020 às 08:09
Agentes da PF cumprem mandados de busca e apreensão na secretaria de Saúde de Cabo Frio, no Rio de Janeiro
Foto: Divulgação/ Polícia Federal

A Polícia Federal realiza nesta segunda-feira (15) a Operação Exam (exame, em inglês), que investiga desvios de recursos públicos na área da saúde da cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

Em nota, a PF informou que as irregularidades em licitações podem ter causado prejuízo de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos, “prejudicando o combate à pandemia do coronavírus na Região dos Lagos”.

Assista e leia também:

PF faz operação contra suspeita de fraude em compras para pandemia em Rondônia

Polícia Federal faz busca na residência oficial de Wilson Witzel

A ação mobilizou cerca de 90 policiais, além de servidores do Ministério Público Federal (MPF) e da Controladoria-Geral da União (CGU). São cumpridos 30 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cabo Frio, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Miracema e na capital do estado do Rio. A operação também se estende à cidade de Serra, no Espírito Santo.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal e estão relacionados a 28 suspeitos, sendo 14 pessoas físicas, 11 empresas e 3 órgãos públicos.