ONG encontra ao menos 70 pinguins mortos em praias de Santa Catarina


Leonardo Lopes Da CNN, em São Paulo
29 de junho de 2020 às 10:45 | Atualizado 29 de junho de 2020 às 12:28
Pinguins foram encontrados em praia de SC

Pinguins foram encontrados em praia de SC

Foto: R3 Animal/Divulgação

Ao menos 70 pinguins foram encontrados entre as praias do Santinho e Moçambique, em Florianópolis no sábado (27). Os animais, da espécie pinguins-de-magalhães, foram resgatados pela ONG R3 Animal. A instituição é responsável pela execução do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) neste trecho da capital catarinense.

De acordo com a ONG, "as aves apresentavam marcas nas nadadeiras que sugerem interação com petrechos de pesca". A causa provável da morte dos pinguins foi "asfixia/afogamento".

Na praia do Moçambique, foram encontrados 59 pinguins mortos e um vivo. Na praia do Santinho, 11 mortos. "Uma delas estava com um pedaço de rede de pesca preso ao corpo", informou a ONG. O sobrevivente foi encaminhado para reabilitação, os outros para necropsia. 

A médica veterinária Janaína Rocha Lorenço disse que, com base nas necropsias já feitas, todos os pinguins apresentaram sinais de que ficaram tentando se soltar por bastante tempo de algo, e afogaram.

“É bem triste a morte deles. Ficamos arrasados cada vez que um morre. É bem frustrante o indicativo de que eles sofreram ao morrer”, lamenta.

Segundo a ONG, a captura incidental – chamada de "bycatch" – é uma das principais causas de morte de animais marinhos. "Mesmo não sendo alvo de pescaria, os animais acabam capturados e morrem", escreveu em rede social.

Desde o dia 10 de junho, a R3 Animal já resgatou 147 pinguins-de-Magalhães nesta região de Santa Catarina – 11 em reabilitação, e 15 já se recuperaram. A ONG auxilia a Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA) e a Polícia Militar Ambiental no tratamento e resgate de animais em Santa Catarina.