Com novas regras, clubes sociais reabrem para 1º fim de semana em SP

Espaços estavam funcionando somente durante os dias de semana desde 29 de junho

Da CNN, em São Paulo
11 de julho de 2020 às 09:23

Os clubes sociais da capital paulista reabrem a partir deste sábado (11) com novas regras para evitar a propagação da Covid-19. Os clubes têm permissão para funcionar desde o dia 29 de junho, mas estavam restritos a funcionar somente durante os dias de semana.

Para o primeiro final de semana recebendo sócios, o clube Hebraica, na Zona Oeste de São Paulo, investiu mais de R$ 100 mil em protocolos de segurança, já que 10% dos seus 18 mil sócios são idosos - o pricipal grupo de risco para o novo coronavírus.

Quem frequentar o local perceberá que a desinfecção já começa no estacionamento, pois para adentrar o clube é preciso limpar os pés em um tapete. Na entrada principal, é obrigatório a higienização das mãos com álcool em gel e a medição da temperatura corporal. Os sócios ainda devem passar por uma câmara de desinfecção antes de chegar à área social do culbe.

Leia mais:

Bares e restaurantes preferem não reabrir em São Paulo

Jardim Botânico do Rio reabre com restrições a partir desta quinta-feira

Entre outras medidas adotadas, estão a distância obrigatória entre as mesas e a proibição de atividades em playground ou quadras poliesportivas, para evitar a aglomeração de pessoas. Antes de pandemia, o Hebraica recebia cerca de 3 mil sócios aos fins de semanas, mas estima em 500 pessoas de hoje até domingo.

(Edição: Luiz Raatz)