PF faz operação contra suspeito de ameaçar instituições em MG

Alvo de mandado de busca e apreensão foi detido por porte ilegal de arma em BH

Vianey Bentes, da CNN em Brasília
13 de julho de 2020 às 12:04

 

Agentes da Polícia Federal
Foto: Arquivo/Agência Brasil (12.dez.2019)

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta segunda-feira (13), em Belo Horizonte uma ação para combater crimes contra a segurança nacional. As investigações começaram em maio deste ano, onde foi identificado um homem que teria feito ataques a autoridades e instituições.

Essas ameaças eram feitas por vídeos, de forma direta a vida das pessoas. Os policiais apreenderam  computador, aparelho de telefone celular, roupas utilizadas nos vídeos, munições, além de três armas de fogo.

Leia mais:
Polícia Federal discorda do STF em investigações sobre atos

Uma delas estava registrada em nome de terceiro e com registro vencido, o que levou a prisão em flagrante do investigado,  pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. A pena máxima é de três anos de reclusão.

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão, expedido pela 35ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte. Se condenado pelos crimes contra a segurança nacional, calúnia e difamação, o preso poderá cumprir até 13 anos de prisão.