Em crise, cerca de 10% dos restaurantes do Rio fecharam por conta da pandemia

Estabelecimentos não conseguiram sobreviver ao período sem funcionar devido à quarentena; número pode chegar a um terço, diz sindicato

Jairo Nascimento Da CNN
26 de julho de 2020 às 18:55 | Atualizado 26 de julho de 2020 às 19:19


Cerca de 10% dos dez mil restaurantes do Rio de Janeiro fecharam definitivamente as portas por causa da pandemia, segundo o Sindicato dos Bares e Restaurantes do Estado (Sindrio). O dado é considerado otimista pela entidade, que afirma que, se o setor não receber nenhum tipo de auxílio como créditos ou empréstimos, esse número pode chegar a um terço do total.

A estimativa é uma queda de 31% da receita nos cinco primeiros meses deste ano, o que equivale a R$ 1,6 bilhão. Comparando maio do ano passado com o deste ano, o lucro caiu de R$ 788 milhões para R$ 156 milhões. O setor gera 120 mil empregos diretos. 

Leia mais:

SP: bares e restaurantes pedem horário estentido e mesas na calçada

Bares e restaurantes de BH seguem fechados

Restaurantes tradicionais, com décadas de funcionamento, tiveram de fechar as portas ou estão em vias de falir por conta da pandemia. Alguns decidiram fazer leilões de móveis, fogões e até a roupa do maître na internet, para conter o prejuízo.