Veja as datas dos principais vestibulares paulistas em 2021


Da CNN
29 de julho de 2020 às 12:42
Estudantes fazem vestibular da Unesp (Universidade Estadual Paulista)

Estudantes fazem vestibular da Unesp (Universidade Estadual Paulista)

Foto: Fabio Mazzitelli/ACI Unesp (15.nov.2018)

Em razão da pandemia do novo coronavírus, as principais universidades do país anunciaram novas datas para os seus vestibulares. Os processos seletivos da USP (Universidade de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que começavam tradicionalmente em novembro, serão realizados entre janeiro e fevereiro de 2021.

Os adiamentos foram confirmados após pedidos de estudantes e professores para que a provas fossem remarcadas. A demanda surgiu principalmente por causa da suspensão das aulas presenciais em escolas públicas e particulares e em cursinhos pré-vestibular, que alterou o prosseguimento normal do currículo previsto para o ensino médio.

De acordo com dados da Fuvest, da Unicamp e da Unesp mais de 290 mil estudantes se inscreveram para realizar essas provas em 2019.

Fuvest

A Fuvest, vestibular da Universidade de São Paulo, é uma das provas mais concorridas. Ano passado, o concurso contou com mais de 120 mil inscritos de acordo com a própria USP. Tradicionalmente, a primeira fase de testes ocorre no mês de novembro, e a segunda, em janeiro. 

O ingresso em 2021 será diferente: a primeira fase será realizada no dia 10 de janeiro e a segunda em 21 e 22 de fevereiro. Os resultados devem ser divulgados em 15 de março.

Unicamp

As provas de ingresso na Unicamp também ocorrem tradicionalmente entre novembro e janeiro. Para 2021, a Comissão Permanente para Vestibulares (Comvest) anunciou que as provas da primeira fase ocorrerão nos dias 6 e 7 de janeiro.

Pela primeira vez, os candidatos serão divididos entre áreas de interesse. Sendo assim, aqueles que aplicarem para vagas das áreas de Ciências Humanas/Artes e Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6, enquanto os candidatos para a área de Ciências Biológicas/Saúde farão no dia 7.

As datas da segunda fase permanecerão inalteradas: 7 e 8 de fevereiro. A Unicamp também anunciou que não disponibilizará vagas na modalidade Enem-Unicamp, ou seja, as 639 vagas que previamente estariam disponíveis para concorrência através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), passam a ser disputadas através do vestibular da universidade. 

Unesp

A Unesp também adiou suas provas, que são aplicadas tradicionalmente entre novembro e janeiro. No próximo ano, a primeira fase do vestibular foi transferida para 30 e 31 de janeiro, e a segunda em 28 de fevereiro. As datas foram marcadas de forma a não coincidir com os outros vestibulares e o Enem.

Leia também:

Adiamento do Enem pode gerar 'apagão' de mão de obra qualificada, diz pesquisa

Universidade Estadual do Rio de Janeiro adia vestibular de 2021

Universidades estaduais do Paraná adiam vestibular para 2021; veja o calendário

O primeiro exame a anunciar o adiamento foi o Enem, maior do país, após consulta aos estudantes inscritos. A prova acontecerá em dois formatos, em duas datas diferentes: a versão impressa em 17 e 24 de janeiro e a digital em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.