Restaurante do chef Erick Jacquin irá reabrir após pagamento de multa

Estabelecimento descumpriu as regras de funcionamento determinadas pela Prefeitura e foi flagrado durante fiscalização

Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo
14 de agosto de 2020 às 12:19
O Président, funcionando até 22h39
Foto: Subprefeitura de Pinheiros/ Reprodução

Após ser lacrado por fiscais da Subprefeitura de Pinheiros, na zona oeste paulista, na terça-feira (11), o Restaurante Président, do chef Erick Jacquin, irá reabrir. O estabelecimento descumpriu as regras de funcionamento determinadas pela Prefeitura. 

“Seguindo todo os protocolos de segurança que a lei exige para os meus funcionários e meus clientes, depois de realizarmos o pagamento da multa por ter ultrapassado o horário de funcionamento no último sábado (08/08), o restaurante Président vai reabrir."

Leia mais:
Prefeitura de SP lacra restaurante de Jacquin e mais 78 por descumprirem decreto

Em nota divulgada na noite desta quinta-feira (13), o chef pede a compreensão dos clientes a respeito do horário permitido de funcionamento, de forma que encerrem seu consumo a partir das 21h45, já que o estabelecimento será fechado às 22h. A promessa é funcionar, a partir de agora, de segunda à sábado, das 12h às 15h e das 19h às 22h.

Jacquin reconheceu o erro ao ultrapassar o horário limite de seis horas diárias permitido pela Prefeitura de São Paulo, mas se justificou dizendo respeitar seus clientes. 

"Reconheço que sábado passado eu e a minha equipe estávamos errados, ultrapassamos o horário pensando apenas em não ser deselegante com os clientes que terminavam suas refeições. Mas eu sempre estive ao lado da lei, então isso não vai se repetir. Espero vocês, vamos vencer juntos”, diz.

Além do Restaurante Président, outros três estabelecimentos também foram lacrados na terça (11), após descumprirem as regras no primeiro final de semana com o horário estendido para o período noturno. A multa estabelecida para cada um foi de R$ 9.231,65 pra cada 250 metros quadrados.