São Paulo terá frio intenso e chuva até o próximo domingo

Temperaturas abaixo dos 10°C devem ser observadas em praticamente todo o estado

Da CNN
21 de agosto de 2020 às 09:42

A forte frente fria que entrou no Brasil deixa São Paulo em alerta para frio intenso e chuva volumosa até domingo. Temperaturas abaixo dos 10°C devem ser observadas em praticamente todo o estado ao longo desta sexta-feira (21).

A combinação de céu nublado, chuva e ar gelado produz grande sensação de frio para os paulistas. Na capital, a tarde desta sexta-feira deve ser a mais fria do ano. Segundo a medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a menor temperatura máxima registrada no Mirante de Santana, até 20 de agosto, foi de 15,9°C, no dia 15 de julho.

A semana foi marcada pelo predomínio de céu nublado e baixa temperatura na Grande São Paulo. Somente a quarta-feira (19) teve algumas horas de sol, o qual agora só deve reaparecer na segunda-feira (24).

Assista e leia também:
Santa Catarina e Rio Grande do Sul ainda podem ter 'resquícios' de neve hoje
Vídeo mostra neve na região sul do país; temperaturas devem cair mais até sábado

Pedestres se protegem do frio e da chuva na Avenida Paulista, região central de SP
Foto: Fábio Vieira - 21.ago.2020 / Estadão Conteúdo

Além do frio, a passagem desta frente fria leva muita chuva ao litoral paulista. O tempo está chuvoso na região desde quinta-feira (20) e deve continuar assim até sábado. O mar fica agitado e há risco de ressaca. Grandes volumes devem ser acumulados até o domingo, causando transtornos para a população, além do risco de alguns alagamentos e deslizamentos.

Esta é a terceira vez que o frio ocorre em 2020, mas é a primeira com tamanha proporção e intensidade. De acordo com o Climatempo, "dificilmente o Brasil poderá experimentar outra onda de frio como esta ainda este ano".

Região Sul do país

A massa de ar polar também provoca frio intenso na Região Sul. Por volta das 5h desta sexta-feira, o Inmet registrava temperaturas negativas em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, e 0°C no sul do Paraná. 

Ainda há nebulosidade na serra e planaltos de Santa Catarina, mas ela deve diminuir à tarde, o que vai reduzir também a chance de nevar. A geada se forma de maneira ampla e até com forte intensidade no Rio Grande do Sul por causa das temperaturas muito baixas.

Várias áreas da serra gaúcha e da serra catarinense registraram neve e chuva congelada nessa quinta, como São Francisco de Paula (RS), São Joaquim (SC), Nova Petrópolis (RS), Gramado (RS), São José dos Ausentes (RS) e Cambará do Sul (RS) e Canela (RS).

(Com Estadão Conteúdo)