Prefeitura de SP implementa regime de home office para seus funcionários


Gabriel Passeri*, da CNN, em São Paulo
15 de setembro de 2020 às 22:36
Home office

Home office

Foto: Bench Accounting/Unsplash

A Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial desta terça-feira (15) decreto que institui o regime permanente de teletrabalho para todos os servidores ou empregados públicos municipais. A medida entrou em vigor após sua publicação.

Os serviços que, remotamente, apresentarem prejuízo no atendimento ao público serão mantidos no regime presencial.

Os funcionários da Prefeitura poderão cumprir uma das seguintes escalas:

- 4 dias de trabalho a distância e 1 de presencial;

- 3 dias a distância e 2 presencial;

- 2 dias a distância e 3 presencial.

 

Segundo o decreto nº 59.755, a implementação do home office também pressupõe:

- fixação de metas para a realização dos trabalhos;

- mensuração do desempenho do funcionário;

- registro eletrônico de assiduidade;

- comparecimento presencial sempre que houver convocação.

 

Dentro de 90 dias, os secretários, subprefeitos e dirigentes das autarquias e fundações deverão apresentar, ao Gabinete do Prefeito Bruno Covas (PSDB), um balanço da implantação do regime teletrabalho em seus respectivos órgão ou entidades.

A proposição de estratégias e soluções para adoção do home office ficará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia, bem como coordenação e orientação necessárias à operacionalização do trabalho remoto.

(Sob supervisão de Evelyne Lorenzetti).