Bombeiros usam 'fogo contra fogo' para salvar Pantanal

Técnica é utilizada para fazer as chamas perderem força; CNN acompanhou a operação

Da CNN
20 de setembro de 2020 às 19:48

Os bombeiros passaram a madrugada deste domingo (20) na mata tentando impedir que as chamas atingissem novas áreas verdes no Pantanal, que arde em chamas. A equipe da CNN acompanhou a operação.

As estratégias são definidas ainda na sala de controle. A missão é impedir que o fogo que atinge a vegetação de uma área conhecida como fazenda Rio Novo se aproxime da área urbana de Poconé (MT) e outras áreas ainda preservadas. 

A vegetação que está queimando é alta, então eles precisam garantir que nenhuma fagulha atinja a parte preservada.

Leia também

Voluntários vão à luta pelo Pantanal

Fogo no Pantanal: acessar locais é o maior desafio, diz comandante de operação


Foto: Reprdução/CNN

O tempo e o vento são inimigos. Os bombeiros entram na mata para revirar a terra e tentar controlar o fogo. Uma pessoa com uma mangueira se encarrega de não deixar as labaredas saindo do controle. Segundo os bombeiros, as chamas se alastram no local dez quilômetros mata adentro.

A técnica utilizada é batizada de "fogo contra fogo": em poucos minutos o fogo criado pelos bombeiros avana em direção ao que precisa ser combatido.

Quando eles se encontram, perdem força e se apagam. A partir daí é feito o resfriamento do solo, para apagar a chama mais perto da estrada. 

A tenente-coronel Jusciery Rodrigues é primeira mulher a comandar a Operação Pantanal. "A gente cansa, mas é gratificante esse trabalho. Somos incansáveis", diz.