Com calor de 33ºC e parques fechados, paulistanos lotam arredores do Ibirapuera

Expectativa da prefeitura é de que em duas semanas os parques voltem a abrir aos sábados e domingos, caso a cidade passe para a fase verde da flexibilização

Pedro Durán Da CNN, em São Paulo
26 de setembro de 2020 às 19:07

Enquanto os parques de São Paulo não são reabertos ao fim de semana, as pessoas aproveitam como podem o calorão de 33ºC registrados neste sábado (26) na cidade. Muita gente foi vista, por exemplo, ao redor do parque do Ibirapuera, fazendo piqueniques ou atividades físicas. 

O secretário de Meio Ambiente da prefeitura, Eduardo Castro, disse à CNN que as expectativa é de que os parques possam abrir aos sábados e domingos daqui a duas semanas, se a cidade passar para a fase verde do Plano de Flexibilização estadual. Nessa fase, teatros e museus também podem voltar a ser frequentados.

Leia também

Secretário de Saúde de SP descarta vacinar contra Covid-19 antes de dezembro

Parques municipais de SP voltam a funcionar em horário normal em dias de semana

 
Foto: Reprodução/CNN
 
Um grupo de 15 bolivianos e paraguaios que trabalham em uma oficina de costura resolveu fazer até um churrasco perto do lago do Ibirapuera, com direito a dois sacos de carvão, sete quilos de carne, além de brinquedos para as crianças. 

As pessoas que fazem atividades físicas acabam tirando a máscara, assim como as que sentam para fazer piquenique. Os ambulantes aproveitaram o movimento para tentar ganhar algum dinheiro vendendo coco, açaí e pipoca. A Guarda Civil Metropolitana (GCM) alertou alguns deles que não poderiam vender ali, mas não foi vista fiscalização para o não-uso de máscara.