Perícia da PF no Hospital de Bonsucesso vai contar com equipe especializada

Inquérito foi instaurado para apuração das causas do incêndio que deixou três mortos no Rio de Janeiro

Thayana Araújo e Paula Martini, da CNN, no Rio de Janeiro
28 de outubro de 2020 às 08:04 | Atualizado 28 de outubro de 2020 às 08:08


 

Uma equipe especializada da Polícia Federal (PF) vai participar de uma perícia mais aprofundada no Hospital Federal de Bonsucesso, atingido por um incêndio nessa terça-feira (27). Profissionais que já atuaram em casos de grande repercussão, como o incêndio que destruiu o Museu Nacional, em 2018, e o incêndio de uma das pontes de embarque do Aeroporto do Maranhão, em setembro desse ano, podem ser acionados. O grupo será formado por peritos criminais federais lotados em unidades da PF do Brasil todo, que atuam em diversas áreas técnicas, como civil e elétrica.

Leia também:
Diretora do hospital de Bonsucesso alertou para risco de tragédia
Brasil registra 31 incêndios em hospitais só em 2020

Durante as investigações, os policiais vão colher depoimentos de testemunhas e analisar imagens que possam ter captado o início do incêndio. Uma das etapas da perícia é a determinação da zona de origem do fogo e o vetor de aceleração do incêndio. A perícia só deve começar após a conclusão do trabalho dos bombeiros e com todo o cenário do incêndio preservado.

A Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro instaurou um inquérito policial para apurar as circunstâncias da tragédia.

Fontes disseram à CNN que na terça, policiais federais foram até o hospital para estabelecer contato com a administração da unidade, com a coordenação dos Bombeiros e demais órgãos envolvidos para dar continuidade dos trabalhos de investigação.