Após aumento de casos de Covid-19, Curitiba suspende cirurgias eletivas


Da CNN, em São Paulo
17 de novembro de 2020 às 16:19

 

Com o aumento de novos casos e internações por Covid-19 em Curitiba, a prefeitura da cidade decidiu suspender as cirurgias eletivas – aquelas em que não há urgência. 

A decisão vale para 12 hospitais que têm convênios e trabalham com o Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é economizar insumos e materiais que são utilizados em cirurgias e unidades de terapia intensiva (UTI), caso sejam necessários no atendimento a pacientes da Covid-19.

Assista e leia também:

Governo de SP prorroga quarentena no estado até 16 de dezembro

Covid-19: Governo avalia esta semana a compra de vacinas de 4 laboratórios

Segundo a prefeitura de Curitiba, no começo de novembro, a média de novos casos por dia era de 300 a 400. Na última semana, a média diária registrada foi de 750.

(Publicado por Sinara Peixoto)