Após novo apagão no Amapá, Minas e Energia descarta impacto em outros estados

Segundo a pasta, problema não comprometerá o sistema interligado nacional; falhas no AP já duram 15 dias

Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
18 de novembro de 2020 às 09:06 | Atualizado 18 de novembro de 2020 às 10:37

 

O ministério de Minas e Energia negou que o apagão no Amapá possa comprometer o sistema interligado nacional e afetar o fornecimento de luz em outras regiões. De acordo com a pasta, o sistema está íntegro.

Ainda não se sabe o que levou ao novo apagão no Amapá. O problema em um dos anéis desestabilizou o sistema e causou novos transtornos aos moradores, que já estão com falhas no abastecimento há 15 dias.

Leia também:
Empresa responsável por subestação leva quase um ano para reparar transformador
Novo apagão atinge o Amapá

A CNN apurou que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e a cúpula do setor vão ao Amapá nesta quinta-feira.

Na comitiva, está prevista a presença do Operador Nacional do Sistema (ONS), diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Eletronorte e técnicos da pasta.

De acordo com técnicos da pasta, o transformador que deixou a cidade de Laranjal, em uma balsa, chegou a Porto de Santana, nesta madrugada. Com a utilização dele, e mais 65 geradores nas cidades de Macapá e Santa Rita, haverá o reestabelecimento da luz em todo estado, sem improvisos. Para completar a renovação desse maquinário, há ainda a previsão de envio de um segundo transformador de energia elétrica.