Acusado de estupro, senador Irajá procura colegas para se defender

Parlamentar tenta se adiantar a qualquer movimento no Senado que vise pedir a cassação de seu mandato em razão da acusação

Por Igor Gadelha, CNN  
24 de novembro de 2020 às 09:19 | Atualizado 24 de novembro de 2020 às 09:34

Acusado de estupro por uma modelo de 22 anos, o senador Irajá Silvestre Filho (PSD-TO) procurou colegas parlamentares nas últimas horas para tentar se defender.

Por meio de mensagens de texto, Irajá disse a senadores ter sido alvo de uma “armação” e que as câmeras da boate e do hotel onde teria ido com a modelo vão demonstrar isso.

Assista e leia também:
Senador é acusado por modelo de estupro em São Paulo

Com as mensagens, o filho da senadora Kátia Abreu (PP-TO) tenta se adiantar a qualquer movimento no Senado que vise pedir a cassação de seu mandato em razão da acusação.

Senadores ouvidos pela CNN consideraram a acusação como grave e ressaltam que, se ela for comprovada, não haveria outro caminho, senão a cassação do parlamentar.