Operações policiais dobraram no mês de outubro na Região Metropolitana do Rio

Estudo aponta que aumento refletiu na elevação da letalidade policial

Mylena Guedes, da CNN, no Rio de Janeiro *
27 de novembro de 2020 às 09:54 | Atualizado 27 de novembro de 2020 às 10:04
Carro da Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro
Foto: Tânia Rêgo - 01.jan.2020 / Agência Brasil

Um levantamento feito pelo Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos da Universidade Federal Fluminense (GENI/UFF), com base em dados do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, aponta um aumento de 100% no número de operações policiais realizadas em outubro, na Região Metropolitana da capital fluminense.

Em setembro, as polícias Civil e Militar conduziram 19 operações em comunidades. Já no mês de outubro, o número dobrou.

Assista e leia também:
Fachin manda governo do Rio explicar operações policiais na pandemia
O que a lei diz sobre segurança privada e PMs na função
O recorde de candidatos policiais e a segurança pública no centro das eleições

De acordo com o estudo, esse aumento refletiu na elevação da letalidade policial. Ao menos 125 pessoas foram mortas por intervenção de agentes do estado. O número representa um aumento de 205% em relação ao mês de setembro, quando foram registradas 41 mortes.

A realização das operações policiais contraria uma decisão liminar proferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, em agosto deste ano, que determina que as essas ações sejam restritas a casos “absolutamente excepcionais” durante a pandemia de Covid-19.

A pesquisa mostra ainda que houve um aumento de 120% na participação da Polícia Militar nas operações policiais.

A CNN tentou entrar em contato com as polícias Civil e Militar mas, até a publicação da reportagem, não obteve resposta.

* Estagiária supervisionada por Isabelle Resende