Atriz do 'Zorra' morre à espera de leito de UTI no Rio de Janeiro

Christina participou do humorístico Zorra, da TV Globo, e de diversas novelas da emissora, como "Malhação: Sonhos", "Beleza Pura" e "Segundo Sol"

Beatriz Puente, da CNN, no Rio de Janeiro
17 de dezembro de 2020 às 18:33 | Atualizado 17 de dezembro de 2020 às 18:40
Foto: Reprodução

A atriz Ana Christina Rodrigues morreu nesta quinta-feira (17), enquanto esperava transferência para um leito de UTI no Rio de Janeiro.

Ela deu entrada na enfermaria na noite de segunda-feira (14) com um quadro gripal que já perdurava 7 dias. Foi submentida a teste para coronavírus, mas o resultado ainda não está disponível. 

Ana Christina estava na enfermaria de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da capital. Ela era diabética, hipertensa e asmática.

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou que, na quarta-feira (16), foi constatada a necessidade de um leito de tratamento intensivo. 

Teve início a busca por uma unidade para atender Christina, mas ela morreu no leito de enfermaria, sem receber a transferência.

Christina participou do humorístico "Zorra", da TV Globo, e de diversas novelas da emissora, como "Malhação: Sonhos", "Beleza Pura" e "Segundo Sol". A atriz não era casada e nem deixa filhos. 

Na capital, os leitos de UTI da rede SUS estão com 92% de ocupação. A taxa de ocupação nas enfermarias é de 85%.

Atualmente, são 666 pessoas aguardando por um leito nos hospitais da cidade. Foram confirmados 3.493 novos casos em todo o estado do Rio de Janeiro nas últimas 24 horas.

(*Sob supervisão de Robson Santos)