Veja como estão as ruas de São Paulo no 1º dia da fase emergencial

Apesar da diminuição do número de veículos em algumas das principais vias da cidade, transporte público registra grande movimentação de passageiros

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
15 de março de 2021 às 09:26 | Atualizado 15 de março de 2021 às 15:59
Avenida Paulista no primeiro dia da "fase emergencial" do plano SP
Avenida Paulista no primeiro dia da "fase emergencial" do plano SP
Avenida Paulista no primeiro dia da fase emergencial do plano SP para conter a pandemia de Covid-19Crédito: CNN (15.mar.2021)
  • Avenida Paulista no primeiro dia da "fase emergencial" do plano SP
  • Vista do Elevado e da Avenida da Consolação, na região central de São Paulo
  • Rua 25 de Março, na região central de São Paulo
  • Movimento intenso de passageiros na plataforma da Estação da Luz, em SP
  • Movimentação de passageiros no transporte público em SP continuou elevada

O estado de São Paulo entrou na fase emergencial do Plano São Paulo nesta segunda-feira (15), com a imposição de medidas mais rígidas de restrição, além de regras adicionais para o funcionamento de comércios e serviços, para tentar conter o avanço do novo coronavírus.

As novas medidas buscam conter as aglomerações e a circulação de pessoas nas ruas para, com isso, frear a transmissão da doença. A fase emergencial valerá por 15 dias – neste período, o estado também terá toque de recolher das 20h às 5h.

Nas primeiras horas da manhã, foi possível observar uma menor ciruclação de veículo e pessoas em algumas das principais vias da cidade de São Paulo, como a Avenida Paulista, a Rua 25 de março e o Elevado Presidente João Goulart.

Por outro lado, o transporte de passageiros no transporte público, especialmente nos trêns e metrôs, manteve grande fluxo de passageiros como registrado antes do início da fase emergencial.