Rodízio em São Paulo continua no período noturno durante fase vermelha

Decisão de manter restrição para veículos de passeio entre 20h e 5h se deve à continuidade do toque de recolher determinado pelo governo do estado

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
12 de abril de 2021 às 10:14 | Atualizado 12 de abril de 2021 às 10:17
São Paulo manteve rodízio de veículos no período noturno, das 20h às 5h
Prefeitura de São Paulo manteve rodízio de veículos no período noturno, das 20h às 5h
Foto: Rovena Rosa - 4.fev.2019/Agência Brasil

A prefeitura de São Paulo decidiu manter o rodízio de veículos em horário noturno, apesar de o estado ter voltado, nesta segunda-feira (12), para a fase vermelha do Plano SP.

De acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a medida se deve à manutenção do toque de recolher determinado pelo governo do estado.

O novo horário do rodízio, adotado desde o dia 22 de março, tem o objetivo de diminuir a circulação no horário noturno já que proíbe a movimentação de veículos de segunda a sexta-feira, das 20h às 5h do dia seguinte, de acordo com o final da placa. 

Caminhões e demais restrições

Os caminhões que circulam pelo município continuam seguindo as regras do rodízio municipal tradicional, das 7h às 10h e das 17h às 20h, de acordo com o final da placa.

Também continuam em funcionamento o sistema de Zona Azul e o horário das demais restrições existentes na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados.

“Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica em infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista”, destacou, em nota, a CET