Desmatamento na Amazônia cresceu 51% em 11 meses, aponta estudo

Região que compreende maior desmatamento está no Pará, com 61% da área devastada

Carol Queiroz, da CNN em Manaus
20 de julho de 2021 às 08:22

Uma pesquisa do Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia) mostrou que o desmatamento na floresta amazônica cresceu 51% por cento em onze meses.

Somente em junho deste ano, foi desmatada uma área que corresponde a um território quase três vezes maior do que a cidade de Fortaleza.

A região que compreende maior desmatamento está no Pará, com 61% da área devastada. Seguido do Amazonas, onde a destruição do bioma segue aumentando na região Sul do estado.

Quatro dos 10 municípios que mais desmataram em junho foram Lábrea, Apuí, Boca do Acre e Novo Aripuanã. 

O terceiro estado brasileiro que mais desmatou em junho foi o Mato Grosso (14%), seguido de Rondônia (11%), Acre (9%), Maranhão (3%) e Roraima (2%).