São Paulo deve registrar recorde de frio nesta terça-feira (20)

Temperatura mínima na capital pode chegar a 5ºC, com possibilidade de geada. A menor em 2021 foi no dia 30 de junho, com 6,3°C

Nathallia Fonseca, da CNN, em São Paulo
20 de julho de 2021 às 03:31 | Atualizado 20 de julho de 2021 às 06:47

Uma massa de ar polar promete uma terça-feira (20) de frio rigoroso para os paulistanos. De acordo boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a temperatura mínima na capital pode chegar a 5ºC, com possibilidade de geada. A menor em 2021 foi no dia 30 de junho, com 6,3°C.

Além disso, existe o alerta de queda na umidade do ar. Segundo o documento, índices abaixo de 30% durante o dia devem ocorrer em São Paulo, com pouca nebulosidade e nuvens altas. 

Na quarta-feira (21), a previsão do tempo aponta uma temperatura mínima de 8ºC e máxima de 20ºC. A possibilidade de geada permanece. Para o restante da semana, a estimativa é de que o frio perca força já na quinta-feira (22), com máxima prevista de 22ºC.

Brasil vive semana de frio recorde

Apesar de, em São Paulo, o recorde de frio ser esperado para esta terça, outros municípios já registraram queda de temperatura na segunda-feira (19). De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a mais baixa em São Paulo foi em Rancharia, no sudoeste do estado, com -1ºC.

Já na região Sul do Brasil, o município de General Carneiro, no Paraná, marcou -5,2°C. A temperatura também representa o recorde de frio para o ano na cidade, superando os -3,9°C no dia 29/06. Temperaturas negativas também ocorreram em Santa Catarina, com -4,3°C na cidade de Bom Jardim da Serra.

Em Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, foi possível ver a formação de geada em Monte Verde, que registrou mínima de -1,2°C. Já Mato Grosso do Sul, que recebeu alerta de queda de temperatura, a mais baixa foi em Rio Brilhante com -1,5°C.