Advogado da Precisa na CPI, MPF denuncia Allan dos Santos e mais de 18 de agosto

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Depoimento do advogado da Precisa Medicamentos à CPI da Pandemia, blogueiro Allan dos Santos é denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) e estudo preliminar da Coronavac contra variante Delta estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 18 de agosto de 2021.

Advogado da Precisa na CPI 

A CPI da Pandemia ouve hoje Túlio Silveira, advogado da Precisa Medicamentos. Ele é o representante legal da empresa na negociação da vacina indiana Covaxin, da Bharat Biotech, com o Ministério da Saúde. O contrato milionário para a compra de 20 milhões de doses acabou encerrado após indícios de irregularidades e fraudes em documentos.

Operação Reditus

A Polícia Federal realiza nesta quarta-feira (18) a Operação Reditus, segunda fase da Operação SOS, para combater o desvio de recursos públicos na área da Saúde do Pará por meio da contratação de organizações sociais para a gestão de hospitais públicos.

Estudo sobre Coronavac contra Delta

Um estudo preliminar publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China revelou que a Coronavac apresenta eficácia contra casos graves de Covid-19 causados pela variante Delta. O artigo – publicado na forma de pré-print – ainda necessita de revisão de pares e usou como base um surto da variante Delta na região de Guangdong, no sudeste da China, entre maio e junho.

Testes da Butanvac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que o Instituto Butantan prossiga com os testes da vacina Butanvac utilizando o imunizante da Coronavac no lugar do placebo. Segundo a Anvisa, a mudança foi solicitada após o instituto ter dificuldades em encontrar voluntários dispostos a tomarem o placebo para os testes.

MPF denuncia blogueiro

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o blogueiro Allan dos Santos, apoiador do presidente Jair Bolsonaro, por ameaçar o ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso. Allan dos Santos é alvo de dois inquéritos em andamento no STF, um deles apura a disseminação de fake news e, o outro, o financiamento de atos antidemocráticos.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN