Alexandre Garcia: Ritmo de vacinação vai aumentar quando Brasil expandir grupos

No quadro Liberdade de Opinião, jornalista comentou ritmo da vacinação contra a Covid-19 no Brasil

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta segunda-feira (19), Alexandre Garcia comentou o ritmo da vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Em número absoluto de doses aplicadas, o país está em quinto lugar no mundo. Se a referência for de doses a cada 100 pessoas, o Brasil aparece em 56º. 

“[A vacinação no Brasil] começou com públicos restritos, então, não podia haver vacinação em massa como Israel fez, que agora ninguém mais lá precisa usar máscara, pois já tem 60% vacinados. Os Estados Unidos estão vacinando todo mundo, porém ainda tem diferenças por estados. Mas o Brasil tem a famosa escala de prioridade”, afirmou Garcia.

“É como as vacinações anuais acontecem aqui no país. Mas não deslanchou ainda porque tem a limitação das prioridades. E cada país tem a sua idiossincrasia, o Chile, por exemplo, conseguiu um bom ritmo, mas é um país de 11 milhões [de habitantes], assim como Portugal. Cada um tem sua característica e a nossa vai ser de deslanchar quando baixar a idade e vier todo mundo pra ser vacinado”, concluiu o jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Sidney Rezende e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (19.abr.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN