Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alfabetização no tempo adequado melhora desempenho de alunos na trajetória escolar

    Pesquisa acompanhou evolução de estudantes no ensino básico

    Alfabetização no tempo correto é fundamental para que o aluno possa se desenvolver plenamente
    Alfabetização no tempo correto é fundamental para que o aluno possa se desenvolver plenamente Tony Winston/Agência Brasília

    Júlia Carvalhoda CNN

    São Paulo

    A alfabetização no tempo adequado é essencial para o bom desempenho do aluno ao longo de sua vida escolar.

    Estudantes alfabetizados até o 2º ano têm 2,6 vezes mais chances de atingirem um nível avançado de aprendizagem no 5º ano do Ensino Fundamental, segundo um estudo realizado pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Economia Social (Lepes), da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal do Ceará, com apoio da Fundação Lemann e do Instituto Natura.

    Considerando as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, os resultados mostraram uma influência direta do período de alfabetização.

    • A probabilidade de um estudante alcançar um nível avançado em Língua Portuguesa no 5º ano é de 55% se ele foi alfabetizado no tempo adequado e de somente 21% se não foi.
    • No caso da Matemática, a porcentagem é de 40% entre os alunos que foram alfabetizados até o 2º ano do ensino fundamental e de 15% entre os que não aprenderam nesta etapa.

    “A diferença considerável entre o desempenho de aprendizagem na trajetória dos estudantes que foram alfabetizados no tempo adequado e os que não foram nos acende um sinal de alerta que reforça a importância de as crianças estarem lendo e escrevendo até o 2º ano do ensino fundamental”, diz Daniela Caldeirinha, diretora de Alfabetização da Fundação Lemann.

    A diretora ainda afirma que o estudo corrobora com a visão de que a alfabetização no tempo correto é fundamental para que o aluno possa se desenvolver plenamente.

    Metodologia

    O estudo analisou o desempenho dos mesmos alunos quando estavam no 2º ano e depois no 5º ano do Fundamental.

    O levantamento foi feito a partir de avaliações dos estudantes das redes de ensino do Ceará em 2016 e 2019, além de dados de 2019 do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

    Para o estudo foram coletados dados de mais de 70 mil alunos. Embora o levantamento use como referência os números do Ceará, que disponibilizou informações para viabilizar a análise, os pesquisadores fizeram um exercício para aproximar os resultados de escolas que, em média, têm características parecidas com as do restante do Brasil.

    Nesse cenário, em uma análise nacional, os estudantes alfabetizados adequadamente até o 2º ano do Fundamental teriam 3,2 vezes mais chances de estarem no nível avançado de Português e 4 vezes mais chances de estarem no nível avançado de Matemática.

    Tópicos

    Tópicos