Ampliação do auxílio emergencial, teste de vacina e mais da tarde de 22 de abril

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A sessão remota, no Senado, que pode ampliar o auxílio emergencial, os testes clínicos para uma possível vacina contra a COVID-19, as conclusões de um estudo que aponta que a doença pode afetar o sistema nervoso estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 22 de abril de 2020.

Danos da COVID-19

Neurologistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e da Universidade Queen’s do Canadá publicaram artigo indicando que a COVID-19 pode afetar o sistema nervoso central e prejudicar o funcionamento do cérebro em longo prazo. 

Maranhão

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que uma empresa de Santa Catarina entregue, ao Maranhão, 68 respiradores no prazo de 48 horas. A liminar foi dada em ação da gestão Flávio Dino (PCdoB) contra o governo federal, que tinha bloqueado a transação no mês passado

Vacina

Alemanha e Reino Unido iniciam testes clínicos para vacina contra o coronavírus. O governo britânico afirma que as experiências em humanos começam na quinta-feira (23). Autoridades alemãs testam substância em voluntários de 18 a 55 anos.

Auxílio emergencial

Está programada para esta quarta sessão remota do senado para votar a proposta que amplia a novos grupos o direito de receber o auxílio emergencial de R$ 600. Entre as novas categorias que podem ser incluídas estão caminhoneiros, diaristas, garçons, manicures e camelôs.

Isolamento social

Em entrevista à CNN, o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, afirmou que é impossível falar em medidas de relaxamento de isolamento neste momento. A declaração foi feita no mesmo dia em que o governo do estado anuncia reabertura gradual do comércio em cidades do interior

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN