Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após novas chuvas, Guaíba volta a ultrapassar nível da enchente histórica de 1941

    Rio chegou a 4,78 metros na manhã desta segunda-feira (13)

    Vista das ruas do centro da cidade de Porto Alegre (RS), onde equipes trabalham no resgate de pessoas que ficaram ilhadas após o Rio Guaíba registrar cheia histórica
    Vista das ruas do centro da cidade de Porto Alegre (RS), onde equipes trabalham no resgate de pessoas que ficaram ilhadas após o Rio Guaíba registrar cheia histórica MIGUEL NORONHA/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO

    Carolina Figueiredoda CNN

    O Rio Guaíba voltou a superar os níveis da grande enchente de 1941 após o registro de mais chuvas no Rio Grande do Sul. Na manhã desta segunda-feira (13), o rio atingiu 4,78 metros, três centímetros acima do recorde de 4,75 metros visto em 1941.

    Depois da cheia de 1941, o Guaíba atingiu seu nível recorde em 5 de maio deste ano, na primeira onda de chuvas, quando ficou em 5,33 metros. Após isso, o rio chegou a registrar quedas e desceu a 4,57 metros, porém voltou a subir no último sábado (11) após uma nova frente fria causar mais chuvas em Porto Alegre e outras regiões do estado.

    A Defesa Civil do Rio Grande do Sul afirma que a Sala de Situação projeta que o Guaíba alcance os níveis de 5,50 a 5,60 metros, aproximadamente, nos próximos dias. Se a previsão se confirmar, o rio voltaria a bater uma cheia histórica, que deve provocar mais enchentes na capital gaúcha.

    O rio já está 1,78 metros acima do nível de inundação, que é de 3 metros. Previsões da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) divulgadas no domingo (12) preveem que o nível da água pode chegar a 5,5 metros nos próximos dois dias.

    Maio mais chuvoso

    Porto Alegre enfrenta os primeiros 12 dias de maio mais chuvosos desde 1961, de acordo com a Climatempo. O total acumulado do primeiro dia do mês até as 9 horas deste domingo (12) está agora em 305,6 milímetros.

    Este valor representa quase o triplo do volume de chuva médio para um mês de maio, que é de aproximadamente 113 milímetros. Somente nas últimas 48 horas, entre 9 horas do de sexta-feira (10) e 9 horas de 12 de maio, choveu 92,7 milímetros sobre a região do Jardim Botânico, na capital gaúcha.

    Confira abaixo os níveis do Guaíba registrados nos últimos dias:

    • 07h15 de 13/05 – 4,78m
    • 05h15 de 13/05 – 4,71m
    • 13h15 de 12/05 – 4,65m
    • 08h15 de 12/05 – 4,64m
    • 20h15 de 11/05 – 4,58m
    • 17h15 de 11/05 – 4,58m
    • 14h15 de 11/05 – 4,57m
    • 11h15 de 11/05 – 4,58m
    • 07h15 de 11/05 – 4,60m
    • 17h15 de 10/05 – 4,71m
    • 14h15 de 10/05 – 4,70m
    • 11h15 de 10/05 – 4,71m
    • 10h15 de 10/05 – 4,73m
    • 06h15 de 10/05 – 4,74m
    • 18h15 de 09/05 – 4,86m
    • 17h15 de 09/05 – 4,89m
    • 15h15 de 09/05 – 4,90m
    • 14h15 de 09/05 – 4,92m
    • 13h15 de 09/05 – 4,93m
    • 12h15 de 09/05 – 4,95m
    • 11h15 de 09/05 – 5,02m
    • 09h15 de 09/05 – 5,03m
    • 05h15 de 09/05 – 5,06m
    • 16h15 de 08/05 – 5,03m
    • 13h15 de 08/05 – 5,06m
    • 10h15 de 08/05 – 5,08m
    • 06h15 de 08/05 – 5,12m
    • 04h15 de 08/05 – 5,16m
    • 20h15 de 07/05 – 5,20m
    • 19h15 de 07/05 – 5,23m
    • 14h15 de 07/05 – 5,23m
    • 11h15 de 07/05 – 5,28m
    • 09h15 de 07/05 – 5,25m
    • 05h15 de 07/05 – 5,27m