Após risco de parar campanha, RJ envia doses da Coronavac à Região Metropolitana

Distribuição de novo lote com 261.800 doses do imunizante começa nesta quarta-feira; a partir de quinta, helicópteros levarão vacinas para cidades do interior

RJ usará helicópteros para distribuir doses da vacina contra Covid-19 para municípios do interior
RJ usará helicópteros para distribuir doses da vacina contra Covid-19 para municípios do interior Foto: Reprodução

Isabelle Saleme, Isabelle Resende e Beatriz Puente, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Após o risco de paralisação da campanha de vacinação contra a Covid-19, a secretaria de Saúde do estado do Rio de Janeiro começa a distribuir nesta quarta-feira (10) um novo lote com 261.800 doses da Coronavac para os 92 municípios fluminenses. 

As primeiras cidades que vão receber as doses, além da capital, são Niterói, São Gonçalo e Maricá, na Região Metropolitana. Por causa da proximidade com o centro de distribuição do estado, em Niterói, o transporte será feito por caminhões.

A partir de quinta-feira (11), começa também o envio para os municípios mais distantes. Nessa logística, serão usados três helicópteros. As doses serão levadas aos 17 pontos de apoio espalhados pelo estado e, de lá, as prefeituras se encarregam de distribuir as caixas.

As doses, enviadas pelo Ministério da Saúde, chegaram ao Rio na noite de terça-feira (9). Essa nova remessa do imunizante vai garantir a continuidade do calendário de vacinação no estado. 

A capital fluminense, por exemplo, receberá 56 mil doses do imunizante. Nas redes sociais, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou que a quantidade será suficiente para garantir a vacinação das pessoas de até 75 anos, que vai até o sábado (13). Paes também afirmou que há previsão de chegada de novos lotes nos próximos dias.

Até agora, o estado do Rio já recebeu mais de um milhão de doses de vacinas, a maior parte, da Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan. Segundo o secretário estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves, até o momento, não houve perda de doses no estado. 

Como não foi necessário utilizar a reserva técnica de 5% para reposição, a primeira parte desse “lote reserva” já foi disponibilizada para os municípios. Dessa nova remessa que chegou, vão ser guardados 5% apenas das doses separadas para a segunda etapa.

De acordo com o portal do governo do estado, até a noite desta terça-feira, 666.232 cidadãos fluminenses já tinham sido vacinados. O número corresponde a aproximadamente 5% da população do estado.

Mais Recentes da CNN