Atriz Mila Moreira morre aos 75 anos no Rio de Janeiro

Causa da morte não foi divulgada; ela estava internada no Hospital CopaStar

Leonardo Lopesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Morreu no Rio de Janeiro, na madrugada desta segunda-feira (6), a atriz Mila Moreira aos 75 anos de idade.

Ela estava internada no Hospital CopaStar, que não divulgou a causa da morte.

“O Hospital CopaStar lamenta a morte da paciente Mila Moreira na madrugada desta segunda-feira (6) e se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda. O hospital também informa que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes”, informou o CopaStar em nota.

Carreira

De acordo com informações divulgadas pela assessoria de imprensa da atriz, antes de começar sua carreira na dramaturgia, Mila fez história como modelo e manequim.

Em 1979, foi convidada por Cassiano Gabus Mendes para participar de “Marrom Glacê”, sendo seu primeiro trabalho como atriz. Desde então, deu vida a inúmeras personagens em novelas da Rede Globo como: “Plumas e Paetês”, “Elas por Elas”, “Champagne”, “Corpo a Corpo”, “Ti Ti Ti”, “Bambolê”, “Que Rei Sou Eu?”, “Meu Bem, Meu Mal”, “O Mapa da Mina”, “A Próxima Vítima”, “A Indomada”, “Anjo Mau”, “Malhação”, “Como Uma Onda”, “Belíssima”, “Paraíso Tropical”, “Ciranda de Pedra”, “Viver a Vida”, “Gabriela”, “O Astro” e “Sangue Bom”.

MILA MOREIRA
Mila Moreira. / Reprodução

Também participou das minisséries “Anos Rebeldes”, “Os Maias”, “Um Só Coração”, “JK” e “Queridos Amigos” e de episódios dos seriados “Linha Direta” e “A Diarista”.

No cinema estreou sob a direção de J. B. Tanko em “Os Saltimbancos Trapalhões” e na sequência filmou “As Aventuras de Mário Fofoca” com direção de Adriano Stuart, “Aguenta Coração” dirigido por Reginaldo Faria e “Dias Melhores Virão” com direção de Cacá Diegues.

Seu último trabalho foi na novela “A Lei do Amor”, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari.

 

 

Mais Recentes da CNN