Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Avião de pequeno porte que caiu em Goiânia não tinha autorização para táxi aéreo, diz Anac

    Queda avião bimotor na quarta-feira (22) deixou dois mortos e quatro feridos

    Da CNN

    O avião de pequeno porte que caiu em Goiânia, na quarta-feira (22), e deixou dois mortos não tinha autorização para fazer o serviço de táxi aéreo. A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

    A queda do avião bimotor foi sobre casas no bairro Vila Mutirão I, em Goiânia (GO). Seis pessoas estavam dentro da aeronave; duas morreram e quatro ficaram feridas.

    Segundo informações do Corpo de Bombeiros, uma das pacientes recebeu alta nesta quinta-feira (23) e os outros três seguem internados.

    Agentes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) estão apurando as causas desse acidente.

    Aeronave acidentada

    O avião que caiu era um Embraer modelo EMB-810D prefixo PT-VQV. A aeronave turboélice com dois motores tem capacidade para seis pessoas, incluindo dois tripulantes.

    De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave acidentada pertencia à empresa Rodrigues e Rocha Holding Empreendimentos Patrimoniais Ltda e foi fabricada em 1993. A CNN procurou a empresa, mas ainda não obteve retorno.