Bilhete Único sem cadastro não será mais aceito em São Paulo a partir desta quarta-feira (1º)

Medida vale para cartões que não possuem um CPF cadastrado; usuários devem providenciar novo Bilhete Único pelo site da SPTrans

Bilhete Único em catraca de ônibus em São Paulo
Bilhete Único em catraca de ônibus em São Paulo Foto: Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo

Rafaela Larada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Os cartões de Bilhete Único sem cadastro deixarão de ser aceitos no transporte público da cidade de São Paulo nesta quarta-feira (1º). A medida vale para cartões que não possuem um CPF cadastrado. Com isso, a partir de hoje somente os cartões personalizados passarão a ser aceitos nas catracas de ônibus, trem e metrô.

A secretaria municipal de Mobilidade e Trânsito recomenda que os usuários que possuem bilhetes sem cadastro acessem o site da SPTrans para efetuar o registro online dos dados e solicitar um novo cartão. A retirada do novo cartão pode ser feita nos postos de atendimento espalhados pela cidade (clique aqui para ver os endereços).

Caso o usuário tenha dúvidas quanto aos cartões que não serão mais aceitos para pagamento de tarifa, basta verificar se no verso do bilhete o número de identificação começa com os dígitos 59, 71 ou 110.

Após cadastro online e retirada do novo Bilhete Único, o passageiro poderá solicitar a transferência dos créditos remanescentes no bilhete sem cadastro, desde que registrado no mesmo CPF do bilhete anterior, informa a SPTrans.

A transferência dos créditos remanescentes no bilhete antigo para o novo cartão personalizado, desde que registrado no mesmo CPF do bilhete anterior, será automática em 72h. Para confirmar a transferência, o usuário deve inserir o cartão na máquina de autoatendimento.

Segundo a secretaria municipal de Mobilidade e Trânsito, a medida tem como principal foco reforçar o combate às fraudes no sistema de transportes e, consequentemente, combater prejuízos aos cofres públicos e também aos passageiros.

Veja como fazer o cadastro na SPTrans e solicitar um Bilhete Único personalizado:

  • Acesso o site da SPTrans
  • Selecione a opção “Cadastre-se”
  • Insira os dados solicitados
  • Envie uma foto 3×4
  • Leia os termos e clique em “concordo”
  • Insira informações pessoais
  • Acompanhe o status da sua solicitação
  • Após ter sua foto aprovada, basta se dirigir a um posto de atendimento e retirar seu Bilhete Único com nome impresso

Para preencher o cadastro de solicitação do Bilhete Único, o usuário deve ter em mãos o RG, CPF e CEP residencial além de uma foto digitalizada tamanho 3×4 com fundo neutro. Caso haja dificuldades no envio da foto pelo site da SPTrans, o passageiro pode escolher a opção de entregar a foto diretamente em um posto de atendimento.

O Bilhete Único aceita créditos do tipo vale-transporte e comum. No crédito comum, o limite de saldo é de R$ 350 – também é possível obter cotas temporais (mensais e 24h).

Cartão do Bilhete Único comum
Cartão do Bilhete Único comum / Foto: Itaci Batista/Estadão Conteúdo

Mais Recentes da CNN