Bilhete Único sem cadastro será desativado em São Paulo em setembro

Bilhetes sem cadastro não serão mais recarregados; veja como verificar a situação do seu cartão

Bilhete Único em catraca de ônibus em São Paulo
Bilhete Único em catraca de ônibus em São Paulo Foto: Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo

Anna Satie, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

A SPTrans comunicou nesta quinta-feira (17) que os Bilhetes Únicos sem cadastro serão desativados a partir de 1º de setembro. Estima-se que 2,6 milhões de cartões estejam nessa situação na capital paulista.

A mudança será gradual: a partir de 16 de julho, não será mais possível recarregar bilhetes que não têm CPF associado. No primeiro dia de setembro, recargas em todos os bilhetes sem cadastro, aqueles que não têm o nome da pessoa impresso, não serão mais aceitas.

Segundo o órgão, a medida visa combater fraudes no sistema de transportes.

“O objetivo é reforçar as medidas de combate a fraudes no sistema de transportes e, consequentemente, prejuízos aos cofres públicos e também aos passageiros. A associação dos cartões antigos a um CPF é a forma de identificar quem está utilizando cartões, garantindo maior segurança para o sistema de Bilhetagem Eletrônica”, diz em nota.

Os créditos que estiverem no cartão comum podem ser transferidos para o novo Bilhete Único.

Como conferir se o Bilhete Único precisa ser trocado

Cartão do Bilhete Único comum
Cartão do Bilhete Único comum
Foto: Itaci Batista/Estadão Conteúdo

É possível verificar se o seu cartão está associado ao CPF no site da SPTrans, usando o número do bilhete ou do seu documento.

Caso não esteja, é possível fazer a associação de três maneiras:

Como fazer o novo Bilhete Único

Se você ainda não tem o Bilhete Único personalizado, com nome e CPF, é possível se cadastrar pelo site da SPTrans e retirar o cartão logo em seguida em um dos 34 postos da SPTrans.

Os endereços estão disponíveis no site.

Mais Recentes da CNN