Boris Casoy: É uma vergonha empregar quase R$ 5 bilhões para campanhas eleitorais

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (25), o comentarista Boris Casoy analisa os valores sancionados na Lei Orçamentária Anual de 2022

Pedro Zanattada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (25), Boris Casoy analisou os valores sancionados pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na Lei Orçamentária Anual de 2022.

O presidente Bolsonaro manteve o valor de R$ 4,9 bilhões para o fundo eleitoral. Mas vetou cerca de R$ 3 bilhões de outras áreas. O Ministério do Trabalho e Previdência foi a pasta que sofreu o maior corte, de R$ 1 bilhão. Seguido pelo Ministério da Educação, com R$ 736 milhões a menos que o previsto pelo Congresso.

Para Boris Casoy, “é uma vergonha empregar quase R$ 5 bilhões para fazer campanhas eleitorais no mesmo momento em que o país enfrenta a fome e o desemprego”.

O comentarista afirmou que o fundo eleitoral “é um instrumento que suscita a corrupção”. Boris disse estar surpreso pela “falta de sensibilidade dos parlamentares que votaram um dinheiro gigantesco para campanhas eleitorais”.

Por fim, o comentarista afirmou que muitos dos partidos que utilizam a verba “não prezam a própria sigla, não têm planos e são possuídos por proprietários”.

Intervalo entre doses

O governo analisa diminuir o tempo entre as doses da vacina da Pfizer em crianças de cinco a onze anos. O intervalo, que hoje é de oito semanas, cairia para três. A medida seria em função do aumento no número de casos da variante Ômicron em crianças. Em dezembro, o número de mortos nessa faixa etária subiu 44%.

Vetos em decreto

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, suspendeu trechos do decreto do presidente Jair Bolsonaro (PL) que libera construções em cavernas e grutas. O ministro analisou uma ação do partido Rede Sustentabilidade, que alega que o decreto representa um retrocesso ambiental.

As cavidades naturais subterrâneas com grau de relevância máximo somente poderão ser objeto de impactos negativos irreversíveis quando autorizado pelo órgão ambiental licenciador competente, e o empreendedor deverá fazer medidas compensatórias. Também não pode haver a extinção de espécie que habita a cavidade impactada.

Previsões do mercado

O mercado financeiro aumenta a estimativa de inflação para o ano. Na semana passada a projeção era de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (Ipca) seria de 5,9%. O Boletim Focus desta semana trouxe uma nova projeção de 5,15%. Se confirmada a previsão, será o segundo ano seguido de estouro da meta de inflação. Em 2021, o IPCA somou 10,06%, o maior desde 2015.

O Liberdade de Opinião teve a participação de Fernando Molica e Boris Casoy. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN