Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil teve um homicídio a cada 11 minutos em 2022, revela Atlas da Violência

    Estados com as maiores taxas de homicídio por 100 mil habitantes são Bahia (45,1), Amazonas (42,5) e Amapá (40,5)

    Fábio Munhozda CNN Em São Paulo

    Dados do Atlas da Violência divulgados nesta terça-feira (18) revelam que o Brasil teve 46.409 casos de homicídios registrados em 2022. Isso equivale a um assassinato a cada 11 minutos e meio.

    O material, feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), aponta uma subnotificação nos números relacionados às mortes violentas no país. Isso ocorre porque parte dos óbitos é classificada como Morte Violenta por Causa Indeterminada (MCVI).

    Por esse motivo, o número estimado de homicídios ocorridos no Brasil em 2022 é de 52.391 –o equivalente a um caso a cada dez minutos.

    Veja a evolução dos homicídios estimados

    A taxa de homicídios registrados no país em 2022 é de 21,7 por 100 mil habitantes. O índice registrou queda pelo segundo ano consecutivo, já que havia sido de 23,6 em 2020 e de 22,5 em 2021.

    Os estados com as maiores taxas de homicídio são Bahia (45,1), Amazonas (42,5) e Amapá (40,5). Em contrapartida, as menores taxas foram registradas em São Paulo (6,8), Santa Catarina (9,1) e Distrito Federal (11,4).

    Veja as taxas por estado

    LocalTaxa de homicídios registrados
    (por 100 mil habitantes)
    Bahia45,1
    Amazonas42,5
    Amapá40,5
    Roraima38,6
    Pernambuco35,2
    Alagoas33,7
    Rondônia33
    Pará32,9
    Sergipe32,7
    Ceará32,6
    Rio Grande do Norte32,5
    Mato Grosso30,3
    Tocantins28,2
    Espírito Santo27,7
    Paraíba27,2
    Maranhão27,1
    Acre26,4
    Piauí24,1
    Goiás23,1
    Paraná22,3
    Rio de Janeiro21,4
    Mato Grosso do Sul19,7
    Rio Grande do Sul17,1
    Minas Gerais12,5
    Distrito Federal11,4
    Santa Catarina9,1
    São Paulo6,8
    Brasil21,7